terça-feira, 1 de agosto de 2017

Cirurgia melhora autoestima de homens com micropênis

Tratamento para micropênis

Uma cirurgia estética está devolvendo a autoestima a milhares de homens que têm pênis muito pequeno, o chamado micropênis, que passam a vida constrangidos, sofrendo bullying e por isso e chegam a ter problemas de relacionamento e poucas expectativas do desempenho sexual.
“Nessas situações, o tamanho do pênis é entre cinco e dez centímetros ereto. Eles estão conscientes de que é pequeno”, afirmou David Mills, diretor da clínica estética Moorgate Aesthetics, de Londres –  que fez 400 cirurgias de aumento de pênis nos últimos anos.
“Não quero um pênis grande. Só quero um pênis normal”, disse Michael, que não deu seu nome completo à BBC.
O médico David Mills confirma o pedido: “Não acho que estejam obcecados em ter um pênis muito grande. Querem ter um pênis com a média de tamanho”.
Ele revela que a maioria dos pacientes quer um membro que chegue a cerca de 12 centímetros, que é a média mundial.
15 mil cirurgias
E não são poucos nesta situação. A procura dobrou no Reino Unido nos últimos dez anos, segundo dados da Associação Britânica de Cirurgiões Plásticos Estéticos. Mas o fenômeno é global.
O mais recente estudo da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica revelou que em 2014 foram feitas 15.414 operações de aumento de pênis no mundo.
Alemanha é o país com o maior número de cirurgias, um total de 2.786, seguida pela Venezuela (473).
O Brasil ficou em sétimo, com 219 procedimentos.
A cirurgia
A operação consiste em cortar um ligamento na base do pênis para fazer com que ele fique cerca de 2,5 centímetros maior quando flácido.
Mas é algo que só tem efeito para o chamado “bullying de vestiário”: ereto, o pênis continuará tendo o mesmo comprimento que tinha antes da cirurgia.
Para fazer com que ele fique mais grosso, os médicos injetam gordura retirada do estômago ou das nádegas do próprio paciente. Em alguns casos, adiciona-se ainda ácido hialurônico.
O procedimento permite somar cerca de quatro centímetros de espessura.
Preço
Por ser um tratamento estético novo, ainda é caro.
As operações de aumento de comprimento e espessura custam mais de US$ 9,4 mil (mais de R$ 31 mil).
“Na maioria dos casos, a resposta da companheira (quando um homem tem pênis pequeno) é: ‘Acho que não faz falta, está bom do jeito que é’. Mas eles acham que elas falam isso só por gentileza”, explicou David Mills.
Com informações da BBC
Postagem Anterior
Proxima Postagens

0 comentários:

Obrigado pela sua mensagem