terça-feira, 18 de julho de 2017

Software de inclusão digital para deficientes físicos é lançado no Rio

O programa é o primeiro a entender português e é gratuito


Chegou ao Brasil na segunda-feira (10), o primeiro software gratuito de reconhecimento de voz que compreende português, o Xulia. Ele permite que pessoas com limitações motoras, como tetraplegia, utilizem o computador por meio de comandos de voz. O programa, que substitui o uso do teclado e o mouse de maneira integral, foi lançado nesta manhã pelo Instituto Novo Ser, no prédio do NCE-UFRJ (Núcleo de Computação Eletrônica da Universidade Federal do Rio de Janeiro).
O Xulia opera em sistema operacional Windows e se diferencia em relação a outros programas do mercado por apresentar a possibilidade de o usuário ditar textos em português. Para isso, o programa faz uso da tecnologia Google que permite comunicação com a máquina por meio da fala corrente.
Dessa forma, não é necessário que se aplique uma linguagem especial para ele, como ocorria nos softwares criados anteriormente. As pessoas interessadas no Xulia, podem baixá-lo gratuitamente no site do Instituto Novo Ser, que também promoverá uma assessoria para ensinar os interessados a utilizarem o programa. O serviço será gratuito e contemplará pessoas com limitações motoras e sensoriais, como paraplégicos e cegos, por exemplo. Quem for até a sede do instituto terá à sua disposição recursos como aplicativos de acessibilidade, indicações de órteses (ferramentas que auxiliam a funcionalidade) e adaptações para a utilização de computadores com maior independência. As suas sessões serão agendadas por telefone ou por e-mail.
Postagem Anterior
Proxima Postagens

0 comentários:

Obrigado pela sua mensagem